sábado, 27 de março de 2010

Sorriso Ausente

[Trecho do poema...]

Eu não te conhecia,
nem mesmo sabia de tua existência,
mas a sua súbita partida
me fez parar,
parar por um momento
e lembrar que vivo num lugar
de desamor e seres doentes,
o que sempre procuro esquecer
para conseguir seguir em frente.

18/04/2008 - 22:34h
Poema dedicado à Isabella Oliveira Nardoni

Um comentário:

Carolina. disse...

Compartilho da sua comoção.
Belíssimos versos

Beijão