segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Terra-luz


Encontrei o mar da Bahia,
me veio um banho
de sensatez e morosidade.

Bendisse o Deus
que me colocou ali.
O presente de me sentir
um ser único em harmonia
com o todo, foi revigorante.

Bahia,
ficas em meu coração
como um sonho alegre,
de muitas cores, raças,
credos e o seu grande segredo,
que é fazer-nos descobrir
a grandiosidade de nossa existência.

Reverencio os deuses
dessa terra-luz,
por me mostrar suas bençãos
em cada canto desse mar
[revelador.]

Ao Bonfim,
que nunca apague de minhas memórias,
a Bahia alegre, bonita e cheia de
[mistérios.]


EDUARDO HUMBERTTO
18/01/2009 às 23:18h
Salvador-BA
BRASIL

2 comentários:

Laisa Mairink disse...

Oi Dudu, adorei o poema, vc é d+.
Beijos Laisa...

Leka disse...

Eu estava lá... vivi tudo isso também...